Comprimir Fotos em até 80% com o JPEG Mini

Comprimir fotos JPEG Mini

Escrito por Willian Lima

Hey fotógrafo(a) você sabia que é possível comprimir suas fotos JPEG em até 80% e manter a qualidade perceptível de suas fotos usando o JPEG Mini?

Porque JPEG Mini?

Uso e recomendo o JPEG Mini por sua tecnologia de compressão JPEG sem perda de qualidade perceptiva.

Qualquer método de compressão de imagem sofre perda de qualidade, mas com o JPEG Mini não é perceptível na maioria dos casos.

Hoje todos meus JPEGs, incluindo o Backup e os que entrego aos clientes são comprimidos, além de todas as fotos do blog, site e redes sociais (inclusive este que está lendo agora).

Os arquivos ficam muito mais leves, economizando tempo e dinheiro em armazenamento de arquivos.

Já fiz testes práticos em fotos impressas até 20x30cm, ficaram muito boas e não notei perda visível de qualidade.

Quando usar o JPEG Mini?

  • Fotos para clientes;
  • No lugar de enviar fotos com resoluções menores, prefira comprimir e entregar fotos maiores aos clientes;
  • Impressão de fotos avulsas até 20×30;
  • Para criar slideshows;
  • Para galerias online em websites e Redes Sociais;

Você pode também assistir o vídeo abaixo, para entender um pouco mais se o JPEG Mini é pra você.

Quando não usar?

Minhas 2 únicas recomendações são que não comprima fotos que serão impressas em grandes formatos ou para trabalhos Fine Art.

Fotos para uma exposição fotográfica, muitas vezes precisam de interpolação digital até chegar ao tamanho desejado. Esta interpolação, mesmo que profissional, já tora alguns pixels menos precisos.

Assim, você estaria comprimindo algo que já não tem sua forma original

O Fine Art é um mercado altamente rigoroso, com padrões de qualidade acima da média. Fotografias certificadas internacionalmente, impressas em papel algodão de PH neutro também certificados.

Só para se ter uma ideia, para impressão Fine Art, muitas vezes as fotografias nem são confertidas para JPEG e sim TIFF.

Preocupe-se apenas com o essencial

O mais legal do JPEG Mini, é que você não precisa se preocupar com as configurações adicionais, apenas exporte suas fotos para JPEG (se você fizer em RAW) e deixe que o programa faça o resto.

Há diversos fotógrafos no mundo todo usando e atestando suas experiências.

JPEG Mini exemplo

Está bem Willian, mas como usar?

Você pode usar de 2 formas.

#1) Instalando o programa em seu computador arrastando e soltando suas fotos (assista o vídeo);

#2) Como plugin no Lightroom e Photoshop. Que você seleciona a configuração no momento da exportação (Veja vídeos no site deles);

A única coisa que você precisa fazer é escolher como o JPEG Mini vai lidar com suas fotos. Sobrepor as fotos originais ou salvar numa nova pasta.

Sugiro salvar numa nova pasta e fazer o comparativo, até ter certeza que a qualidade é suficiente pra você.

Você pode fazer o download gratuito e testar por alguns dias. A Beamr disponibiliza o teste gratuito neste link.

Depois que testar, deixe sua opinião aqui o lá no Canal do Youtube, asssim outras pessoas podem entrar na discussão.

Abraços e até a próxima.

Preencha com seus dados para continuar...