Efeito HDR – O que é e Como Fazer?

Apesar de simples, as dúvidas sobre com fazer um efeito hdr ainda são imensas. Neste artigo quero explicar os passos mais importantes sobre o que é e como fazer o efeito hdr de qualidade em suas fotos.

Sei que fotógrafos não gostam muito de ler. Minha indicação é que não pule etapas do texto, pois algum detalhe importante pode passar em branco.

O que é o HDR?

Fotografia HDR significa fazer uma foto com High Dynamic Range, em português, Alto Alcance Dinâmico!

O que é o Efeito HDR

A idéia por trás de uma fotografia com efeito hdr é revelar o máximo de detalhes possíveis de uma cena, tanto nas áreas de altas luzes como nas sombras, ou seja, diminuir a relação de contraste.

As câmeras por mais modernas que sejam e tenham a opção hdr, o resultado ainda não pode ser comparado ao método tradicional e tecnicamente correto.

Alguns fotógrafos preferem um efeito HDR mais intenso, enquanto outros utilizam da técnica para um resultado mais sutil. Na verdade tudo depende da linguagem para determinado trabalho, alguns merecem resultados surrealistas enquanto outras ficam totalmente estranhas.

O momento para decidir seu estilo é apenas no processamento, que vem depois do planejamento e do clique.

Efeito HDR Cidade
Na imagem acima, é possível notar os detalhes das nuvens no céu e também na arquitetura das casas. As intensidades das luzes são bem diferentes, o que torna impossível trazer todos estes detalhes sem uma fotografia HDR. Nesta foto notamos um efeito mais sutil e realista.
Efeito HDR arquitetura
Na foto da igreja, o fotógrafo utilizou do HDR para trazer todos os detalhes da construção e do céu. A finalização foi mais intensa, um efeito surrealista para a fotografia HDR.
Efeito HDR Natural
A foto das escadas está bem natural. Nítida e detalhada, porém com menos saturação e contraste.

O que é correto Willian? Esta é uma resposta pessoal e tem mais a ver com seu próprio estilo que como uma regra em si.

Atualizado: Com a nova versão do Lightroom, todos meus atuais HDR são feito diretamente por ele, em RAW. Gravei um novo vídeo para falar sobre. Clique aqui para acessar.

Pensando no Efeito HDR no momento do clique

Para ter um resultado de qualidade na fotografia hdr, minha indicação é que faça pelo menos 03 cliques, podendo ser mais de acordo com sua expectativa.

  • Primeira foto com leitura para as altas luzes;
  • Segunda foto com leitura para os tons médio da cena;
  • Terceira foto para as áreas de sombras;

Dica na hora de fotografar: Para não ter surpresas na hora de mesclar suas fotos, nunca mude a abertura da objetiva, trabalhe sempre com a velocidade do obturador e controle a  luz de acordo com o tempo de exposição.

Abaixo apresento um exemplo de captura para fotografia HDR com 04 cliques. Achei que teria um resultado melhor nas áreas de sombras, já que a arquitetura é bem detalhada.

Efeito HDR Super Exposta
Primeiro clique acima, pensando exclusivamente nas áreas mais escuras da foto, com incidência apenas da luz indireta. Praticamente não temos informações nas áreas claras.
Efeito HDR Super Exposta 2
Segunda Foto pensando nas áreas de sombra. As áreas com luz direta, continuam ainda estouradas.
Efeito HDR Média
Na terceira foto, os detalhes do céu já começam aparecer e as áreas de sombras ficam mais escuras.
Efeito HDR Média SubExposta
Nesta quarta foto me preocupei em revelar os detalhes onde haviam incidência direta de luz. Me preocupei com a igreja ao fundo e automaticamente trouxe detalhes do céu.

Abaixo você pode conferir o resultado final juntando estas 04 fotografias.

Efeito HDR ParisEfeito HDR Fotografia Preto e Branco

O que é necessário para fazer uma Fotografia HDR?

É claro que você precisa de uma câmera, e não precisa ser uma super câmera. É importante que tenha qualquer ajuste que permita alterar a exposição da foto. Hoje em dia até com um iPhone você consegue clicar para depois processar um efeito hdr.

Acredito que o item principal no momento do clique seja o tripé, pois é praticamente impossível fazer três ou mais cliques idênticos alternando apenas a velocidade com câmera na mão.

Importante: Cenas em movimento também são bem difíceis de obter um HDR, como por exemplo, pessoas, carros, árvores com muito vento. Não que sejam impossíveis de obter um efeito HDR, mas vai precisar de uma pós mais detalhada.

O Livro Fotografia HDR

Livro sobre Fotografia HDRSe você quiser se aprofundar no assunto HDR, há um livro bem legal de Peter Carr e Robert Corell que vale a pena sua leitura. Aborda todos os aspectos para criar uma fotografia HDR, desde a concepção até a finalização da fotografia.

Pesquise o Menor preço do Livro Fotografia HDR aqui

02 Softwares para processar seu Efeito HDR

Não sei se conhece outros softwares que ofereçam uma mesclagem para um efeito hdr com qualidade, se conhecer por favor me indique que terei o maior prazer em compartilhar com outros leitores aqui no blog.

Minhas 02 indicações estão baseadas em minha experiência e utilização prática.

O Photomatix

O Primeiro aplicativo de qualidade que conheci e usei foi o Photomatix. Na época pesquisando em fóruns de fotografia me falaram super bem dele. Utilizei por muito tempo e me trouxe excelentes resultados.

Efeito HDR com Photomatix

A vantagem é que a mesclagem do Photomatix é de excelente qualidade.

A desvantagem é que os ajustes finais são limitados e precisamos fazê-los em algum editor como o Lightroom ou Photoshop.

Passo 01: Selecione as Fotografias tiradas, pode ser DNG ou JPEG.

Tutorial Photomatix HDRTutorial Photomatix HDRTutorial Photomatix HDR 03

Passo 02: A próxima janela é para ajuste fino de configurações. Na maioria dos casos, não é necessário qualquer alteração. Mas em meu caso, as fotos foram feitas com diferenças de 2,50 pontos de Exposição, assim selecionei 2 1/2.

Tutorial Photomatix HDR 03

Passo 03: Aqui, você informa ao Photomatix se sua foto foi feita no Tripé ou na Mão. Aconselho sempre clicar com o tripé e utilizar a opção “Taken on Tripod”. Também você pode selecionar “Show Options to Remove Ghosts”, que as vezes por conta da junção múltiplas exposições aparecem aqueles “fantasminhas” nas bordas.

software-fotografia-hdr-tutorial-5

Passo 04: Se deixou selecionado no passo 04 a opção “Show Options to Remove Ghosts”, aparecerá esta janela. Você pode optar para o Photomatix ajustar sua Fotografia HDR, ou você determinar. Eu utilizei até agora o Automático e sempre foi 100%. Clique em Apply.

Tutorial Photomatix HDR 06Tutorial Photomatix HDR 07

Passo 05: O Photomatix apresenta a janela final de configurações. Mais uma vez, prefiro realizar o tratamento final no Lightroom. Assim, eu utilizo a opção Save As… e abro no Lightroom.

Tutorial Photomatix HDR 08

O Adobe Lightroom

Desde 2015 a Adobe implementou a opção de mesclar suas fotografias para HDR dentro do próprio Lightroom. O melhor de tudo isso é, que mesmo após o processamento a imagem continua sendo em RAW. WOWW. Isso é muito útil para trabalhar na Coloração final com mais qualidade e detalhamento.

Uma evolução na mesclagem de fotografias par ao efeito hdr, que até então era possível trabalhar apenas com imagens JPEG.

Abaixo gravei um tutorial de como mesclar as fotografias para finalizar seu efeito HDR diretamente no Lightroom.

Aqui compartilhei apenas o básico sobre como criar um efeito hdr. Se você deseja obter resultados ainda melhores em HDR, recomendo fortemente o Livro Fotografia HDR. Vale a leitura.

Compartilhem com os amigos!

Abraços!

Guia essencial Fotografar Casamento
  • Claudio Fulas

    Muito Willian,

    Eu uso o Photomatix também e gosto bastante, mas confesso que ainda preciso aprimorar mais a técnica… Digo que HDR precisa ser clicado com calma, sem pressa pois no clique é apenas o começo do processo, rs

    PS: Ficou excelente a 2ª foto com 5 fotos, vou tentar um dia…

    • Willian Lima

      Olá Claudio, sempre bom ver você por aqui!

      Sempre digo, que HDR é muito treino e, como você mesmo comentou, um bom HDR começa no processo do clique. Se planejar com calma (nem tanto para não perder o time da foto) é essencial.

      O Photomatix, oferece um resultado superior ao Photoshop. Acredito que trabalha muito melhor quando há mais de 03 Fotos.

      Obrigado pelo elogio. Sei que ficou bem legal, mas tenho muito que praticar ainda. No entanto sempre digo que compartilhar conhecimento, mesmo não sendo o melhor naquele quesito, é infinitamente mais interessante do que ser o rei do HDR e não compartilhar aprendizado.

      Abraços!

  • Silvia Venturi

    Olá Willian
    Na minha última viagem resolvi brincar um pouco com HDR e fiz várias fotos para isso (minhas câmeras não são nada de mais, tenho uma Canon G16 e uma sx60HS, não sei se isso é relevante). Editei no Lightroom CC seguindo as suas dicas. No final as fotos ficaram mesmo ótimas (na minha humilde e leiga opinião), mas como tinha várias de cachoeiras, as águas em movimento complicaram um pouco. Mas mesmo assim ficaram com aquele efeito legal do HDR, nos quais eu apenas fiz pequenos ajustes para ficar mais ao meu gosto.

    O que eu notei foi que os arquivos HDR gerados eram gigantescos. Já não lembro o tamanho deles pois depois apaguei, como vou explicar adiante, mas ficaram mesmo muito grandes.

    Eu já tinha percebido, por causa das fotos de cachoeira, que se eu sincronizasse as edições da imagem HDR com a imagem mediana da sequência base, a imagem final ficava igual, com a vantagem de não ter as confusões de sobreposição das partes de água em movimento.

    Então eu peguei imagem por imagem e sincronizei a edição da HDR com a mediana da sequência de três.

    No final eu consegui imagens até melhores e muito menores, e excluí as excedentes das sequências.

    Não sei se eu conseguiria o mesmo efeito fazendo apenas uma imagem e editando no olho, até porque eu não sou profissional e ainda estou engatinhando no quesito edição. Por isso acho que ainda vou fazer três cliques quando eu quiser um efeito HDR e depois “roubar” a edição do Lightroom para fazer a imagem final, só que isso me dará o triplo do trabalho, além de ocupar mais espaço no cartão…

    O que você poderia sugerir nesses casos? será que a edição automática do Lightroom em uma imagem só me daria o mesmo efeito?

    • Silvia Venturi

      Ah. Esqueci de dizer… Mais uma vez obrigada pelos seus textos esclarecedores. Têm me ajudado muito.

    • Que legal Silvia. Os resultados já estão aparecendo… Realmente você fazer um HDR com mais imagens terá resultados muito superiores. Para ficar com um HDR muito bom a prática é fundamental.

      Obrigado por dividir sua experiência.

  • Rodrigo Cesar

    Excelente matéria.
    Recebo seus informes por email.
    Um abraço e sucesso.

  • sabrina lisauskas

    Olá Willian, tudo bem?!
    Primeiro gostaria de parabeniza-lo pelo site…achei esses dias fazendo pesquisas e amei! Muita coisa legal!!!
    Queria tirar uma dúvida?!
    Antes de abrir as fotos no Photomatix você faz algum tipo de tratamento nelas?
    Como fotografo em RAW eu costumo abri-las no Raw e fazer alguns ajustes mas tenho dúvida se essa é a melhor maneira…
    Obrigada!!

    • Olá Sabrina, sim… todas minhas fotos são tratadas no Lightroom. Agora com as últimas versões do lightroom, já é possível fazer um HDR lá em RAW.

  • Carlos Alexandre Souza

    Bom dia Willian tenho uma duvida, fui dar uma brincada com o HDR e tirei 3 imagens de uma paisagem em RAW, uma boa, outra mais escura e outra mais clara, mudando somente abertura e quando fui ver o resultado, a imagem fica toda rosa no photomatix, você sabe o porque está acontecendo isso? Obrigado

    • Olá Carlos… poxa, infelizmente não sei dizer. Comigo nunca aconteceu. Desculpe não poder auxiliar no momento.

      • Carlos Alexandre Souza

        Segui seu tutorial do lightroom la deu tudo certo, então vamos para o light kkkk, obrigado pela atenção Willian.

        • Com a nova versão do Lightroom, já não uso mais o PhotoMatix… acho que preciso atualizar este artigo… Farei isso hoje. Valeu!

  • Não sou fotógrafo, procurei saber sobre HDR por simples curiosidade, mas quero registrar que a postagem está excelente. Parabéns pela clareza da informação! Obrigado, abraço!