Como limpar, guardar e evitar fungos em equipamentos fotográficos

Saber Limpar, guardar e evitar fungos em equipamentos fotográficos é tarefa obrigatória a todos os fotógrafos, afinal ninguém gosta de desembolsar uma grana em manutenção certo? Bom, pelo menos eu não gosto.

Dica: Se você prefere assistir uma aula em vídeo, corra direto para o final deste artigo. Todo conteúdo escrito está no vídeo. 😉

Costumo dizer que são cuidados essenciais com equipamentos e podem diminuir efetivamente as idas e vindas em assistências técnicas.

Diariamente expomos os equipamentos à poeira e umidade. Mesmo se estiverem guardados numa estante em casa, a umidade relativa do ar pode ser prejudicial às câmeras e objetivas.

Vou falar sobre o armazenamento ja já, mas não recomendo guardar seus equipamentos antes de uma limpeza básica. Você pode contribuir com o surgimento de fungos.

Compartilhe também com seus amigos nas Redes Sociais. 😉

Limpeza básica em equipamentos fotográficos

Há dezenas de kits espalhados pela internet. É sempre bom ter um na bolsa, mas tome cuidado com os líquidos em suas objetivas, nem todos são de primeira linha.

Kit Limpeza equipamentos Fotografia

Para evitar qualquer dano em minhas objetivas, não uso os líquidos de limpeza. Fico apenas no soprador e pincel.

Para um kit básico de limpeza você vai precisar de:

  • 01 Soprador;
  • 01 Pincel. Prefiro usar pincéis mais rígidos, pois facilitam a remoção das poeiras mais resistentes e areias quando faço trabalhos no litoral;
  • 01 Pano de Micro fibra;
  • Álcool Isopropílico. O mais recomendado por possuir menos de 1% de água em sua composição;
  • Cotonete.

No final deste artigo há uma aula em vídeo que mostro a prática do processo de limpeza. 😉

O que os fungos mais gostam?

Não sou um Micólogo (passoa que estuda fungos) mas, fiz algumas pesquisas e constei que basta umidade acima dos 60% para nossos equipamentos correrem riscos à fungos. Claro que outros fatores também influenciam como falta de luz UV e poeira.

  • Umidade
  • Ambiente quente
  • Falta de Luz
  • Poeira

O ideal é tentar diminuir ao máximo a relação destes quatro elementos.

Importante: A umidade é o único fator que não aconselho você zerar, pois o ambiente muito seco pode ser prejudicial às borrachas e lubrificação dos equipamentos.

A faixa ideal de umidade relativa do ar para equipamentos fotográficos é entre 25% e 40%.

Como medir a umidade do ar para os equipamentos?

Higrômetro - Medir Umidade do Ar Fotografia

Utiliza-se o higrômetro para medir a umidade do ambiente.

Na foto, percebe-se que a umidade de meu home office é de 47%, um pouco acima do recomendado para equipamentos fotográficos.

Para resolver esta questão, utilizo uma dry box (caixa seca).

O que é uma Dry Box?

Dry Box Fotografia

É uma caixa seca para armazenamento de equipamentos eletrônicos, incluindo fotográficos. O objetivo é protegê-los de umidade e poeira.

Aqui no Brasil não é encontrada com facilidade. Se você encontrar, provavelmente não será com valor atrativo.

Dica: Não recomendo guardar seus equipamentos na bolsa que usar para as saídas fotográficas. Além de estarem expostas à umidade e poeira, não há incidência de luz externa.

Como criar uma Dry Box?

Todos meus equipamentos fotográficos são de primeira linha, mas com a dificuldade em encontrar a dry box no Brasil e os procedimentos exaustivos para importação, utilizo uma alternativa que se mostrou eficiente até o momento.

Dry Box DIY - Guardar Equipamentos Fotográficos

Para criar sua Dry Box vai precisar de:

  • 01 Caixa Organizadora transparente (precisa ser transparente para entrada de luz);
  • 01 Antimofo. Na foto acima coloquei um secar, mas pode ser também silica gel;
  • O Higrômetro apresentado no início deste artigo para controlar a umidade da dry box.

Após tudo montado, deverá ficar como na foto abaixo. É uma foto de minha Dry box.

Quer ver na prática? Assista o vídeo

Fiz uma aula ao vivo pelo Youtube mostrando como faço o processo de limpeza de meus equipamentos e também minha Dry Box.

Inscreva-se no Canal para receber novos vídeos.

Compartilhe este artigo com amigos nas redes Sociais.

Abraços e nos vemos em breve!

Objetivas na Prática