Backup para Fotógrafos – Os erros mais comuns que fazem você parecer um Amador

Olá pessoal, hoje é dia de falar sobre Fluxo de Backup para Fotógrafos Profissionais e Amadores!

Já escrevi outro artigo sobre o tema para compartilhar conceitos gerais sobre backup e dicas de serviços que uso, mas fiquei devendo em compartilhar um fluxo eficiente de backup para fotógrafos.

Para exemplificar melhor, gravei um vídeo explicando o passo a passo de como faço aqui em meu estúdio. Sei que há diversas maneiras, mas acredito que agora cheguei num fluxo simples e eficiente que pode te auxiliar.

Nota: Sei que há muitos leitores que me acompanham usam Windows, fiquem tranquilos que o Fluxo é o mesmo e vai servir pra você. Apenas gravei com os 02 aplicativos para Mac por ser usuário Mac.

02 Fluxos de Backup para Fotógrafos?

Gostaria apenas de explicar melhor o motivo de usar 02 Fluxos de Backup ao invés de 01.

Acredito que ter um backup com as fotos sem qualquer tipo de edição, reduz o risco de perder arquivos. Já li em diversos Fóruns e Redes Sociais que algumas pessoas no momento da edição ou algo similar, tiveram problemas em seus Discos de Trabalho. Pessoal, isso pode acontecer com qualquer um como você e eu.

Então para evitar qualquer problema com os arquivos, sugiro de editar as fotos após a primeira etapa do Fluxo Completada, ou seja, editar já com pelo menos 02 cópias garantidas.

Sim, é apenas uma sugestão, ok?

Quais Hds que uso?

Apesar de não comentar no vídeo, uso Hds da Seagate. Talvez uma NAS seria melhor, mas acho que sou “velho” para isso, prefiro manusear o menos possível as Hds. É apenas uma questão de escolha. 😉

No vídeo comento como distribuo as hás no fluxo de backup.

Espero que goste. Compartilhe com amigos, pois Backup é algo sério!

Objetivas na Prática